Dicas para quitar dívidas

Publicado por Taíse Costa (Diário de finanças) em

Infelizmente muitas pessoas se encontram mergulhadas em dívidas, e esse é o principal motivo e/ou resultado de uma vida financeira completamente desestruturada. 

Se identificou? Então vêm comigo!

O Diário de Finanças trás para você 7 dicas que te ajudam a ELIMINAR essas dívidas:

  1.  Agrupe todas as dívidas que você não está conseguindo pagar,  das antigas às atuais.
  2.  Com essas dívidas, faça uma lista do menor para o maior valor e grife as que forem prioridades (conta de luz, água, telefone, coisas que normalmente você não pode ficar sem). Tenha claro em sua mente o quanto você precisa se esforçar para atingir a meta de eliminar essa lista.
  3. Corte custos desnecessários, supérfluos do dia-a-dia. Economize nas contas de casa e no máximo de coisas que conseguir (supermercado, lazer, luz, telefone, etc). Nesse momento o seu foco deve ser a ELIMINAÇÃO DAS DÍVIDAS.
  4. Levante recursos para adquirir um dinheiro extra. Considere desapego daquilo que já não usa mais, venda de trufas/doces/salgados, até mesmo seu 13º salário, bem como a venda de 10 dias de suas férias. Tudo pode ser revertido em amortização ou quitação de todas ou algumas das dívidas.
  5. Negocie suas dívidas. Procure seus credores e faça propostas que sejam vantajosas para ambas as partes. Normalmente as propostas de quitação são as melhores negociações. Considere juntar um bom dinheiro com suas economias para ter poder de negociação, faça sua proposta, dê seu valor, peça descontos, tanto eles, quanto você querem se livrar dessa pendência. Comece pelas prioridades e depois passe para as contas de  menor valor. Conforme for diminuindo sua lista, você vai ficando mais motivado para chegar ao final dela mais rápido.
  6. Depois de conseguir quitar todas as dívidas, avalie cada situação, o que levou você adquirir cada uma delas. Essa reflexão prepara seu cérebro para criar um novo hábito e fazer diferente quando você se deparar com situações que podem te levar à futuras dívidas.
  7. Para dívidas que estão sob controle (parcelas de cartão de crédito em dia, financiamento de carro ou de imóvel) separe uma reserva para caso de emergência. Dessa forma você evita uma futura inadimplência.

Domine primeiro a sua mente, adquira novos hábitos e utilize ferramentas que te auxilie nesse processo, como o aplicativo da 7waves, que te ajuda de forma prática e personalizada a se organizar financeiramente e conquistar seus objetivos de curto, médio e longo prazo.

Taíse Costa é educadora financeira e moderadora do @diariodefinancas, página do Instagram em que compartilha dicas, motivações e inspirações para uma vida financeira feliz.


3 comentários

Amanda Nunes · 17 de agosto de 2018 às 08:41

Muito legal seu ponto de vista!
Sempre busco matérias esclarecedoras e a sua me ajudou muito em minha busca. Vou seguir as proximas materias certamente. Obrigada!

FernandaMindilim · 20 de agosto de 2018 às 23:23

Quero parabenizar pelo otimo conteudo e dizer que gostei muito mesmo. Essas informações estão muito bem organizadas e por isso foi de muito facil entendimento. OBG!

Erick · 30 de setembro de 2018 às 01:14

Gostei do seu artigo. Muito bom, bem explicativo, com ótimas dicas. Meus parabéns

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *