Estudos

Como criar um bom plano de estudos

Seja para passar no vestibular, conquistar uma boa nota no ENEM, a sonhada especialização ou ser aprovado em um concurso público, criar um bom plano de estudos é indispensável para que você conquiste os resultados desejados. Além de auxiliar na organização de sua rotina, o plano de estudos é uma maneira eficaz de você desenvolver o foco necessário para a aprendizagem de um tema, assunto ou conceito.

Em meio a tantas matérias, livros e artigos disponíveis na internet,  é normal que você como estudante sinta-se um pouco perdido e acredite que não terá tempo hábil para estudar todo o conteúdo necessário. Um plano de estudos vai permitir que você faça uma avaliação geral e assim, consiga se planejar corretamente do como, quanto e o que estudar por dia.

Existem várias formas de você desenvolver um plano de estudos entre elas, usar o aplicativo da 7waves. Mas para te ajudar a definir as melhores estratégias, na hora de montar o seu cronograma, vamos dar algumas dicas de como criar um plano de estudos eficaz.

imagem: Freepik

7 dicas para começar a criar um bom plano de estudos

1 – Defina e crie uma rotina de estudos
Antes de começar o seu planejamento é importante definir qual será a sua agenda de estudos. Essa é uma ótima oportunidade de você reorganizar toda a sua rotina, conquistando assim uma maior qualidade de vida e mais organização para ter foco na hora de estudar.

Comece listando quais são seus compromissos semanais fixos e os horários mais tranquilos de sua agenda. Calcule o tempo que você gasta com suas atividades e a partir disso, desenvolva seu plano de estudos.

2 – Aprenda a dividir melhor o seu tempo
Você tem duas opções para definir como vai dividir melhor a sua rotina de estudos: por tempo ou por ciclos. Ao optar por dividir por tempo, você deve especificar as horas que vai se dedicar para cada conteúdo.

Agora se a sua escolha for o método de ciclo, você vai precisar criar metas de conteúdo para que dessa forma a matéria estudada, seja absorvida com mais facilidade. O planejamento por ciclos é ideal para que tem uma rotina irregular e dificuldades de concentração.

3 – Tenha claro qual é o seu objetivo de estudos
Com a sua rotina e tempo para estudar definidos, é hora de determinar de modo específico e detalhado qual é o seu objetivo de estudos. Você está estudando para que?

– Obter uma boa nota no ENEM
– Passar no Vestibular
– Ser aprovado (a) em Concurso Público
– Finalizar uma especialização (pós-graduação, MBA, Mestrado, Doutorado)
– Registro da profissão (OAB, CRM, CRA, entre outros)

Tudo isso precisa estar bem claro para que você consiga criar um plano de estudos realmente eficaz.

4 – Identifique as matérias que você sente mais dificuldade
É muito importante conhecer as matérias que você tem mais facilidade, ou dificuldade no momento de criar seu planejamento de estudos. Pois, dessa forma fica mais fácil você visualizar quanto tempo vai precisar se dedicar a uma matéria ou outra.

Uma dica é dar um foco maior aos tópicos em que você tem mais dificuldade e naqueles que tem certeza de que vão cair na prova.

5 – Defina metas de estudo
Sejam diárias, semanais ou mensais é essencial ter metas estabelecidas em seu plano de estudos, para acompanhar a sua evolução enquanto estuda.

Como suas metas definidas, você pode gameficar o seu planejamento para que sempre ao completar uma meta, ou até mesmo a ultrapassá-la presentear-se com pequenas recompensas. Assim, você consegue manter a sua motivação e não corre o risco de se autossabotar e procrastinar na hora dos estudos.

6 – Acompanhe seu desempenho
Um plano de estudos eficaz precisa ser avaliado constantemente. Tenha em mente que ele é personalizado para atender as suas expectativas.

Por isso, caso sinta que é necessário fazer alguma alteração em seu planejamento, faça quanto antes. Afinal, tão importante quanto criar um bom plano de estudos é avaliar com honestidade se está obtendo bons resultados com ele.

7 – As pausas também são importantes
Para evitar que seu rendimento diminua, é fundamental realizar pequenas pausas de 10 a 15 minutos. Mas não se esqueça que até mesmo, essas pausas precisam ser colocadas em seu planejamento. Lembre-se que é importante especificar todos os intervalos que você pretende fazer para não bagunçar o seu cronograma, e acabar estendendo a folga por mais tempo do que o previsto.

Além disso, procure entender e respeitar os limites do seu corpo para não exagerar. Percebeu que não está conseguindo assimilar mais conhecimento? Relaxe e volte ao ponto em que parou no dia seguinte.

Embora a sua aprovação seja o objetivo final, é essencial também comemorar suas pequenas conquistas. Não deixe de reservar um tempo em sua maratona de estudos para passar com seus amigos e familiares, e de usar o aplicativo da 7waves para te ajudar a alcançar seus objetivos.

Baixe agora mesmo! Disponível na Apple Store e Google Play.

Veja também:
Que tal usar um “planner online”?
Metas e objetivos: você sabe a importância de quantificar os seus?