Saúde

Dia Nacional do Deficiente Físico – Uma luta de todos!!

O dia 11 de Outubro foi instituído como o Dia Nacional do Deficiente físico, com intuito genuíno de promover a conscientização da sociedade sobre ações e políticas que devam ser realizadas para garantir a qualidade de vida, a promoção dos direitos e de desenvolvimento de meios de inclusão dos portadores de algum tipo de deficiência na sociedade.

A deficiência física é caracterizada por alterações que comprometem a realização de determinada atividade física. Essas alterações podem existir desde o nascimento ou serem adquiridas durante a vida, através de casos de violência ou acidentes, (estes em especial, contribuem muito para o aumento do número de deficientes a cada ano)

Segundo o IBGE, a proporção das pessoas com deficiência na população brasileira é de 6,7%, sendo que apenas 441 mil de PcD estão empregadas, ou seja, menos de 1% do total de empregos formais do Brasil são ocupados por PcD. Um número bem preocupante, pois nos mostra que ainda não há muita representatividade nem inclusão dos portadores na nossa sociedade e, principalmente, oportunidades para eles construírem suas carreiras profissionais.

Contudo, segundo números da Relação Anual de Informações Sociais (Rais), do Ministério do Trabalho, houve um crescimento de 32% de PCD contratados no mercado. Em 2009 havia apenas 289 mil PCDs empregados, em 2014 os dados apontam que houveram cerca de 381 mil. Já em 2015, segundo a pasta, foram criadas 42 mil vagas, a maioria concentrada em São Paulo, com 11 mil postos de trabalho.

Os movimentos a favor do PCD têm acontecido – mesmo que de forma lenta – e vemos isso através da Lei de Cotas, que obriga as empresas com 100 ou mais funcionários a preencher de 2% a 5% dos seus cargos para PCD, fazendo com que elas incluam eles em seu grupo de colaboradores, dando mais esperança para conseguirem entrar no mercado de trabalho. Além disso, você pode denunciar as empresas que não cumprem a Lei de Cotas na Delegacia Regional do Trabalho. As punições são extremamente severas para as empresas!

Precisamos desmistificar este assunto, e, de uma vez por todas, aniquilar o preconceito com o PcD, encarando de frente esta desigualdade em prol de acessibilidade social para todos.


Por isso, cada pessoa deve ter uma postura mais inclusiva, não apenas esperar que o governo faça algo. Essa quebra de paradigma sobre a incapacidade precisa ser executada por todos nós e não apenas pelas políticas públicas. Muito ainda deve ser feito para garantir o acesso das pessoas com deficiência à oportunidades, acessibilidade e mobilidade. É necessário garantir políticas que assegurem os direitos dos deficientes físicos. E nós devemos ajudar nessa luta!

É DEVER DE TODOS! Não só nessa data, mas no cotidiano. Que busquemos e lutemos por uma sociedade mais igualitária, mais inclusiva, mais justa e melhor! 😍

Vamos nos comprometer mais? Eu topo, e vocês? 💜

 

 

Imagem: Freepik


Voltar